Saiba como a persona é importante para o marketing para a saúde | Yannis Marketing para saúde - Joinville e Florianópolis

Persona? Quem é ela? E o que representa para o marketing médico?

Identificar o perfil de paciente certo, dá um certo empenho. Mas quando descobrimos o que realmente os motiva, faz nosso trabalho de marketing valer a pena.

Um dos segredos para o sucesso de uma campanha de marketing, costumo dizer: é identificar a persona certa!

Então vamos falar de personas para o marketing médico?

Falou em plano de marketing digital, lá está ela, a tal “persona”.
Se você já estudou um pouquinho sobre marketing digital  já se deu conta da importância de se desenhar uma persona ao iniciar os trabalhos de planejamento de marketing médico.

“Persona é o personagem que representa seu paciente ideal.”

Desenhar uma “buyer persona”, ou simplesmente “persona”, é muito mais que saber se seu paciente ideal é homem ou mulher, onde mora, sua classe social, etc. Para o especialista em marketing David Newman, “Marketing baseado em buyer persona está relacionado a entrar na cabeça das pessoas para entender a fundo o que as estimula emocionalmente”.

Vamos a um exemplo prático.
Descrição de público-alvo: mulher, de 35 a 50 anos, classe AB, que mora em Florianópolis, que está tentando engravidar há mais de um ano.

Há um tempo essa era a descrição do nosso “público-alvo” para uma clínica de reprodução humana. Mas para se ter sucesso em uma campanha de marketing digital para a área da saúde é preciso mais que isso! Você tem que descobrir o que estimula emocionalmente essa pessoa, quais são os seus costumes, quais as principais informações lhe interessam quando busca na internet informações sobre saúde.

Aspectos para definir a persona para o marketing médico

Para montar sua “persona” é importante analisar 4 critérios: físico, intelectual, psicológico e emocional.

O que cada aspecto representa:

  • Físico – sexo, idade, onde mora, com quem mora. Seus possíveis problemas de saúde, relacionados a sua especialidade.
  • Intelectual: cargo, grau de escolaridade, nível salarial.
  • Emocional – seus problemas e suas aspirações.
  • Psicológico – família, hábitos, preferências, lazer.

Em resumo, você precisa ter clara a definição de quem ele é, quais são seus objetivos, seus problemas, seus sonhos e como ele se relaciona para que possa se sintonizar com ele.

Aproveitando o exemplo anterior, montemos um formato de persona para a área da saúde.

Vamos usar uma persona de uma Clínica de Reprodução Humana.

Persona 1: mulher de 35 anos, que trabalha como gerente de Recursos humanos de uma empresa de tecnologia, localizada em Florianópolis, no estado de Santa Catarina. Casada há 5 anos, está há mais de 1 ano tentando engravidar, sem sucesso. Sente-se culpada por não conseguir realizar o sonho de ser mãe. Ainda não teve coragem de buscar ajuda, pois tem vergonha. Usa o celular para acessar as redes sociais, principalmente Facebook e Instagram. Costuma fazer yoga para relaxar nas hora vagas e assim diminuir a tensão do dia a dia. Sofre de endometriose, mas não sabe.

Como podemos ajudá-la: Podemos ajudá-la criando conteúdo sobre como a endometriose afeta a fertilidade, suas causas, sintomas e tratamentos. Mostrar a ela que mesmo com o problema de endometriose há tratamentos que podem ajudá-la a realizar o sonho de ser mãe. Mostrar como são feitos os tratamentos, quais os exames necessários, etc. Até ela sentir-se confortável em buscar um profissional de reprodução humana.

Palavras-chaves mais usadas para trabalhar conteúdo:
Endometriose tem cura, tratamento para endometriose, endometriose engorda, Quem tem endometriose pode engravidar, endometriose e gravidez, especialista em endometriose, tudo sobre endometriose, como saber se tenho endometriose, como diagnosticar endometriose, causas da endometriose, tipos de endometriose, etc.

Percebeu como ficou mais fácil? Isso vai ajudar muito na hora de você criar um post nas redes sociais, um texto para o seu blog ou mesmo uma chamada para um anúncio de link patrocinado. Claro que aqui é apenas um resumo, a coleta de material vai trazer muitos subsídios para você construir esse perfil.

Construindo sua persona

Informação é essencial. Nada de usar palpites ou “achismo”. Junte o máximo de informações que puder. Se tiver um sistema de gestão de pacientes, recorra a ele. Se não, busque históricos das suas anamneses, lá você vai encontrar muita informação interessante para compor um plano de conteúdo baseado nas dúvidas dos seus pacientes.  Para você ter uma ideia, o insight para escrever este post surgiu em um bate-papo com um prospect por Skype. Uma conversa bem conduzida vai lhe trazer informações preciosas para conhecer seu paciente e saber como você pode ajudá-lo.

Concentre-se em ter respostas para 5 perguntas principais.

1 – Quais são os principais problemas enfrentados pelo seu paciente e como ele busca a solução?
2 – Quais são as principais recompensas, isto é, o que ele ganha consultando com você e não com outro médico?
3 – Como funciona o processo de agendamento? Quais as etapas, o que ele analisa até chegar à sua mesa?
4 – Com quem você está concorrendo? Quais as alternativas analisadas por ele antes de tomar a decisão?
5 – Quais palavras ele usa? Fique atento à forma como ele se expressa, seus argumentos, suas dúvidas, suas palavras. Elas são muito importantes para estruturar a sua linguagem de marketing na internet.

“Porque você conhecerá em primeira mão o caminho direto para os valores, interesses e gatilhos emocionais deles, e ouvirá tudo isso nas palavras utilizadas por seus clientes”, destaca David Newman.

Montando um template para sua persona

Para que você possa entender melhor, destacamos a seguir um modelo de template de uma persona.

Montando um template para sua persona para o marketing medico

Vale salientar que ter uma quantidade grande de personas pode acabar atrapalhando e desviando sua atenção de quem realmente deve ser informado. O ideal é criar no máximo de 2 a 3 personas. Trabalhe bem o conteúdo para elas e depois parta para a construção de mais personas.

Agora, que você já sabe como montar sua persona, está no caminho certo! Sintonize-se com o paciente ideal e assim irá garantir resultados mais efetivos para suas campanhas na internet.

Ah! Mais uma coisa: procure sempre atualizar o perfil da sua persona. Como estamos falando de “pessoas”, elas mudam o tempo todo. De acordo com o psicólogo Maslow, “…suas necessidades e as aspirações mudam à medida que atingem a satisfação”.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *